Resignação nua e violenta

Resignação nua e violenta: Setembro 2011

segunda-feira, setembro 12, 2011

Azul Esbatido

Contei apenas duas luzes
Que me indicassem o Inverno

De turva visão - alimento-me de espectros
E agora só consigo ouvir os carros a passar
E quando definho por estar paralisado demais
Percebo que hoje é lua cheia,
E que é ela que me faz ver assim

Daqui a horas vem a manhã
E com ela o sol